Deus é Fiel

Deus é Fiel
A Palavra de Deus é Eficaz

sábado, 10 de agosto de 2013

Subsídio da lição – A Atualidade dos Conselhos Paulinos.


Subsídio da lição – A Atualidade dos Conselhos Paulinos.

A palavra-chave para a 7ª lição deste 3º trimestre é “CONSELHO”. A palavra-chave, conselho, corresponde à advertência que outorga admoestação, aviso, parecer ou opinião.
O versículo dois é chave para iniciar os comentários da lição, pois por três vezes é citada a palavra “guardai-vos”, que transmite um aviso.
Aviso este que requer atenção para com as pessoas que estão inclusas no meio cristão, mas que não foram transformadas pelo Senhor.
Nota: Os conselhos de Paulo são atuais, porém que conselhos você daria à igreja hodierna para que se mantenha firme no plano de Deus?
I – A ALEGRIA DO SENHOR.
1- Regozijo espiritual.
2- Exortação ao regozijo.
3- Alegria em meio às preocupações e aflição.
Comentário:
Na lição de número cinco foi enfatizado que a salvação proporciona contentamento e alegria. Paulo ao escrever a carta em apreço estava preso, porém esta como as demais cartas que foram escritas na mesma circunstancia transmite alegria por parte do escritor.
Isto só é possível por Paulo entender que a alegrai espiritual é proveniente de Deus e a alegria do Senhor é a nossa força, sendo assim, o cristão é capacitado a superar toda e qualquer adversidade. Além disso, a alegria do Senhor é consolo, ou seja, é fonte de vida.
Há uma demonstração impactante na mensagem paulina. Paulo expõe que somente os cristãos são capazes de se alegrarem nas dificuldades, isto só é possível porque o crente conhece a Palavra do Senhor e confia no Senhor.
Entre aspas:
 A Bíblia é comida (Jr 15.16), ou seja, a Escrituras Sagrada é alimento para o fortalecimento e para a manutenção da vida espiritual do crente.
A Bíblia é fogo (Jr 23.29). Como fogo a Bíblia é apresentada como elemento fundamental para a purificação.
 Por fim, a Bíblia é água. Como água a Bíblia tem como função lavar, purificar e limpar o ser humano.
II – A TRÍPLICE ADVERTENCIA CONTRA OS INIMIGOS.
1- Guardai-vos dos cães.
2- Guardai-vos dos maus obreiros.
3- Guardai-vos da circuncisão.
Comentário:
  O versículo dois apresenta de maneira indireta quem são de fato os obreiros maus. Quando Paulo utiliza o termo circuncisão, ele trata diretamente dos judeus convertidos, porém tais judeus estavam ainda presos nos costumes do judaísmo.
Quando Paulo chama os obreiros de cães ele estar indicando a maneira que os judeus convertidos se manifestavam. Eles buscavam os mais fragosos na fé e isto sé era feito quando Paulo não estava presente.

O bom obreiro
O mau obreiro
É Testemunha (Is 43.10).
Não testifica a respeito de Cristo.
É sal (Mt 5.13).
Não preserva.
É luz (Mt 5.13).
Não ilumina.
É carta (2 Co 3.12)
Não instrui.
É vara que estar ligada a Cristo (Jo 15. 5)
Não frutifica.
É embaixador de Cristo
 (Co 5.20)
Não representa a pessoa de Cristo.

III – A VERDADEIRA CIRCUNCISÃO.
1- A circuncisão no Antigo Testamento.
2- A verdadeira circuncisão não deixa marcas físicas.
3- A verdadeira circuncisão não confia na carne.
Comentário:
A circuncisão no Antigo Testamento tinha três funções: medicinal, ética e moral. A função medicinal correspondia com a ação de Deus em possibilitar aos homens e mulheres de Israel a ausência de doenças sexuais. Nos dias modernos torna se notório que, as mulheres judias são as que menos apresentam o câncer de útero.
Porém, na Nova Aliança a circuncisão não se agrega com marcas físicas. Logo, o verdadeiro cristão é aquele que adora a Deus, também é aquele que gloria em Jesus e por fim, é aquele que não confia na carne.
 O conselho de Paulo era que a confiança no Senhor Jesus garantia a verdadeira alegria. Deixo como conselho a todos os professores que estão lendo este subsídio a compreenderem que três são os inimigos que estão diretamente ligados com a queda de muitos cristãos. São eles: pessoa do outro sexo, o orgulho e o dinheiro.
Enfatize aos seus discentes que é necessário que nos desapeguemos de todas as coisas que nos separam de Deus para que possamos nos apresentar diante dEle firmes e alegres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário